Close

DF é sétima unidade da federação em homicídios, aponta estudo

Distrito Federal é a sétima unidade da federação com mais homicídios em proporção à população, com 37,4 mortes por grupo de 100 mil habitantes. A informação consta no Mapa da Violência 2013, produzido pelo Centro de Estudos Latino-Americanos (Cebela) com base em dados do sistema de saúde e divulgado nesta quinta-feira (18).

Os números da edição de 2013 do estudo são referentes a homicídios ocorridos em 2011. Entre os jovens com idade entre 15 e 24 anos, o DF é a quinta localidade com mais mortes violentas (81,1 para cada 100 mil habitantes).

Para a Secretaria de Segurança do DF, existe uma discrepância entre os números do Mapa da Violência e as estatísticas do governo. A base de dados do levantamento leva em consideração registros do sistema de saúde, por isso inclui as tentativas de homicídios que ocorrem em cidades do Entorno do DF e que acabam sendo atendidas nos hospitais da capital.

Segundo a SSP, em 2011 foram registrados 722 homicídios – média de 1,98 morte por dia, abaixo da média histórica de dois assassinatos diários. Com base neste número, o índice de homicídios por grupo de 100 mil habitantes foi de 27,66, considerando uma população de 2.609.997 milhões de habitantes.

Pelo levantamento, o Brasil tem 27,1 assassinatos a cada 100 mil habitantes. Alagoas é o Estado mais violento, com 72,2 mortes. No ranking, o Distrito Federal aparece na frente de estados como Rio de Janeiro (28,3). São Paulo (13,5) é a segunda unidade menos violenta, na frente apenas de Santa Catarina (12,6).

Em números absolutos, o DF teve 977 homicídios em 2011 e um crescimento de 26% em relação a 2001, quando 774 pessoas foram assassinadas. A taxa por 100 mil habitantes não apresentou grandes alterações no período, sendo a menor de 31,9, em 2005, e a maior em 39,1, em 2003.

Entre os jovens, os números absolutos variaram de 369, em 2001, para 384, em 2011. A taxa de assassinato de jovens para cada 100 mil habitantes teve um aumento absoluto de 3,1 pontos no período.

Influência do Entorno
Especialista em segurança pública, Daniel Lorenz explica que os números do Distrito Federal no Mapa da Violência são influenciados pelos crimes ocorridos no Entorno do DF.  “No Entorno do DF estão algumas das cidades mais violentas do país. Os crimes ocorrem nessas localidades e o atendimento médico e a morte nos hospitais do Distrito Federal”, explica.

Águas Lindas de Goiás, por exemplo, indica Lorenz, é a 102ª cidade mais violenta do Brasil. O Novo Gama, o 153º município. O especialista indica que, apesar dessa possível distorção, a violência do Entorno influência o número de crimes nas regiões administrativas do DF mais próximas às cidades de Goiás.

“Ceilândia é a região do Distrito Federal com maior número de casos de homicídio e tem influência de Águas Lindas de Goiás. Assim como a situação do Novo Gama tem impacto sobre o Gama. Não existe um muro que separa onde a violência ocorre.”

Relacionadas